8.24.2009

A lua de Agosto


Autor: Foto Google

É de raízes que nos fala esta luz
cuja existência se perde
no coração frio da água.
Ouço e não ouço,
entro sem entrar
na serenidade
do mar estendido
do silêncio ao risco da noite.
O voo de uma ave
sombreia a lua de Agosto,
tudo se aproxima.
Realidade
que as nossas vidas não alcançam.

Jeanette L.Clariond

1 Comments:

Blogger ツ Tiko ツ said...

Muito bom Parabens

11/24/2009  

Enviar um comentário

<< Home